Cartão de Visita do Facebook

quarta-feira, 26 de março de 2014

ENLEIOS

ENLEIOS

Desarmonizo os teus cabelos
Em afagos anelares dos meus dedos
Soltos os caracóis suaves e belos
Revelando em madeixas teus segredos

E nas mãos a suave lembrança de os sentir
Esses carinhos entranhados de ternura
Cabeleira de criança solta ao vento a sorrir
A serenidade do tempo e a doce loucura

Ah… quantos enleios dos dedos desprendidos
Perdem-se de encantos na maciez dos relevos
Gozam a sedução dos caracóis assim sentidos

Insensatez instante em ondulados pensamentos
Deixo perdidos nos teus cabelos os meus dedos
Como rédeas soltas em crinas de suaves ventos

musa

Sem comentários: