sexta-feira, 20 de março de 2015

MAUS TRATOS

MAUS TRATOS
Violeta purpura roxo lilás
Nódoas de alma do sangue matizes
Cores marcas que o tempo desfaz
Vincos veios varizes
Dores olhares infelizes
Onde tristeza é paz
E tu nada dizes

Um só beijo
Gozo desejo
Louco sentir

Raiva estalo apertão consolo
Tanto resvalo assim mentir
Silêncio solidão sentida
Pode ser dano ou dolo
Essa ilusão que persiste
Aberta quase ferida
Sangra a dor vertida

A hora insiste
Nesse sofrer
Ainda resiste
Viver ou morrer
Esse colorido
Azulado vivo
A escorrer


Uma mancha mão levantada
Um grito abafado olhar triste
Uma lágrima a verter
A boca calada
Por nada dizer
A marca arroxeada
A violeta por florescer
Na carne marcada
De tanto padecer
...
musa

1 comentário:

Carlos Semedo disse...

POR CARÊNCIA MINHA MÃE ME ENTREGOU AOS 12 ANOS
“Não posso criticar minha pobre mãe por ter me feito casar sedo, ela foi uma heroína e a amo de mais porque criou 6 filhos sozinha sem uma ajuda se quer , pois meu pai faleceu aos 29 anos .
Sim eu sei o que vc fala,mas só engravidei aos 17 anos, não por saber me cuidar mas por que a mãe natureza é sábia, e me ajudou ...
Sim minha mãe foi uma mulher coragem ..
Quem mora no interior pouco sabe de crime ou casar uma filha menor pode ser condenada.” (Mulher coragem és tu
sobreviveste a um incesto nem sabias o que era um orgasmo
e tinhas um dono que te trancava quando devias estar a brincar com bonecas)
“Sim verdade, só vim a descobrir prazer 25 anos depois, mas a culpa foi minha eu aceitei casar com este homem.
Só troquei de dono.
Nunca trabalhei fora só em casa , criar filhos e obedecer sempre, meu marido me sustentava.
Nunca podia sair porque ele tinha muito ciumes , nem visitar minha mãe, foram 40 longos anos.
Já sou feliz sozinha sem ajuda de ninguém , nunca contei nada aos meus filhos não quero que eles o odeiem por que ele é um bom pai , isso é a razão porque nunca falei nada a ninguém.”
(Este canto de amor me caiu como um murro no estômago)
(Esta voz vem do Brasil de uma sexagenária que nunca foi criança!)

(CARLOS SEMEDO-2013)