Cartão de Visita do Facebook

sexta-feira, 1 de janeiro de 2016

AGONIA DE VIDRO - Philippe Jaroussky - Stabat Mater. Antonio Vivaldi (part 1)


AGONIA DE VIDRO
Tempo tão duro inquebrável
Ronda eterno a serenidade
Da vida prisioneira imutável
Na redoma vidro da saudade

Quão líquida de lágrimas a cair
Chuva espessa atravessa a dor
Dias de cinzento amargo sentir
Que mudam dos olhos sua cor

Vidrada saudade em pranto do peito
Choro triste de ausência se quebrava e desfazia
Em horas de silêncio e sonho liquefeito

São de vidro espelhado as lágrimas derramadas
Espelham da alma os sentidos em poesia
As palavras em choro assim agoniadas
...

musa

Sem comentários: