Cartão de Visita do Facebook

quinta-feira, 17 de setembro de 2015

INVENTA-ME O SENTIR

INVENTA-ME O SENTIR

Não é imperfeito amor sentimento afecto
A explosão de sentir do peito em profundidade
Não é paixão ou contentamento desperto
Ou um sentido misterioso secreto
Arrebatamento êxtase de intimidade
A escutar-me o coração o silencio loucura
A pele do sentir assim inventada
Invade-me excitação atordoada
Um tic tac de afável ternura
Inventado sentir
Fez-me existir
...

musa

Sem comentários: