Cartão de Visita do Facebook

segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

AMOR SENTIDO

AMOR SENTIDO

Não sei escrever
Versos que te digam
Dias de silêncio que castigam
Ânsia ausência de viver
Que os cegos de amor urgem sofrer
A tímida saudade de sentir
Não sei mais mentir
Nem em raiva confiar ou ainda crer
Ou de acreditar ou de esperar
E nunca desistir
Porque ainda há
E existirá
Réstia de esperança e de prazer
Não sei porque ainda espero
Este amor que deixo morrer
De solidão e desespero
Sem nunca o ter
E sabendo que nunca o terei
E nunca tido
Foi o único homem que eu amei
De corpo e alma imerecido
Pelo prazer silêncio que lhe dei
De toda a paixão que confessei
E que ainda guardo no sentido
...

musa

Sem comentários: