Cartão de Visita do Facebook

domingo, 23 de novembro de 2014

A MINHA MELANCOLIA - Tony Bennett - Smile


A MINHA MELANCOLIA

Ritmo a escorrer olhar humedecido
Bate como um coração apertado
Perturba ofegante o sentido
Quase uma melodia
Um som compassado
Quase uma poesia
Lamento gemido
Aperta a doer
O peito cansado
A estremecer
De melancolia

Uma apreensão de alegria amarrada
Desenlace em abraços desfeito
Claridade névoa desvanecida
Numa ânsia tão apertada
Num nó imperfeito
Que amarra a vida
E parece dizer
Tudo ruiu

Assim acontece turbulência de sentir
Todo o rasgo profundo que feriu
O sonho que alegria possa proibir
De tristeza e amargo viver
Quase como a dor a renascer
Asas imensas voo sentimental
Da noite negra escuridão sobre o dia
Descendo em florescência sepulcral
A lentidão da tumba fantasia
E no universo do profundo olhar
Um verso derrama melancolia
A cada lágrima que chorar
...

musa

Sem comentários: