Cartão de Visita do Facebook

sábado, 6 de setembro de 2014

ENVELHECER

Mãe envelheces
E o tempo não pára
Dos dias não esqueces
De tecer sonhos sentidos
As horas incrustadas na tiara
Dos minutos perdidos
Somente a amar
Os filhos
A vida nesse longo envelhecer
Rasgados os trilhos
Cansada de ser
E sentir
Onde os instantes envelhecidos
Brilham a pátina do sorrir
Mesmo em dor
Todos os sonhos vencidos
Na eternidade do amor
Envelheces minha mãe
De rugas no rosto
De faúlhas prateadas no cabelo
Mais bela do que ninguém
Quem amo e gosto
Com carinho e desvelo
Ainda que envelhecida
Pelo peso da vida
Amo-te minha MÃE
...

musa

Sem comentários: