Cartão de Visita do Facebook

sexta-feira, 4 de abril de 2014

ROSAS PARA A ELSINHA - (trigésimo dia da tua ausência)

ROSAS PARA A ELSINHA

Estarás ausente em aroma de rosas
Os dias floridos de eterna saudade
As lágrimas dessas horas chorosas
Derramadas no tempo infelicidade

Encurtada vida risos na esperança
A idade em abraço meiga ternura
Eras tão doce tão menina criança
Em compasso de alegria e loucura

Os dias ainda cheiram a rosas por florir
O tempo parou onde a ausência perdura
Arrebatando do olhar saudade a sentir

São rosas de um odor inebriando a tristeza
Que importa a saudade profunda tão dura
Se há no roseiral do teu ser tanta beleza

musa

Sem comentários: