segunda-feira, 16 de julho de 2012

BRIGA DE MENINOS


No Museu em Évora... Há uma cópia dos "Meninos a lutar" do escultor Teixeira Lopes na Casa Museu http://gaianima-por-nos.blogspot.pt/2011/01/casa-museu-teixeira-lop...

BULHA

Inocentes anjos de alabastro
Na pedra como na vida real
A força da bulha como um mastro
Erguidas forças em pose colossal
A força vinda de um astro
Num rosto celestial
Doce magistral
Sentimental

Trio de inquietude
Esperanças
Mas são apenas crianças
De rosto birrento
Impossíveis
Sem escolher o sentimento
De natureza irresistíveis
Num sorriso de contentamento
Belo sentir
E tudo o que se possa descobrir
Neste enlace de pedra e sentidos
Em que a pedra parece bulir
Em todos esses gestos comprometidos
Num belo e doce sorrir

São três anjos em inocente briga
Que nenhum deus castiga
Tal é a transparência
Porque são feitos de pureza
E na mais estranha beleza
Se talha a inocência
...
musa

1 comentário:

EU disse...

No teu poema até tornaste a "bulha" apetecida, tal a candura nele entranhada...

Belo, amiga!

Bjo :)