Cartão de Visita do Facebook

quinta-feira, 29 de maio de 2014

BORBOLETA AZUL







BORBOLETA AZUL


na campina margaridas brancas e verdes trevos
orvalho amanhece com a frieza húmida do ciano
salpicando pérolas translucidas gotículas relevos
sobre as asas matizes de um esvoaçar estranho


a azul borboleta tingindo o campo de uma cor magenta
monotonia dispersando em pétalas floridas doce frieza
como que rompendo manhã de uma afasia pardacenta
trazendo safira claridade em absoluta sombra e beleza


cerúleo matiz corpóreo em metamorfose desabrochada
que harmonia dançante sobre as flores híbridas de luz
na paz campestre do olhar da alma assim enfeitiçada


cárdeo pigmento larvar em ocre luminosidade irisada
espectro rodopiante que de silvestre odor claro seduz
natureza celeste de uma Afrodite deusa asa acetinada
musa



Sem comentários: