Cartão de Visita do Facebook

sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

COLO DAS PALAVRAS

AO TEU COLO...

Subo a escadaria dos teus braços

Quero tanto o teu colo… os teus abraços

Lá no alto os teus olhos baços… esperando por mim

Dois lagos tão azuis de águas límpidas serenas

Humedecidos como as palavras dos meus poemas

Tanta poesia que em mim nunca mais tem fim

E sabes… ainda os sinto doces firmes calmos profundos

Com todo o carinho dos meus mundos

Dos quais ainda saio de mansinho

Em pezinhos de lã sigo o caminho

Abrindo dos dias a manhã

Para os braços da vida

E do meu rio destino

Esta água sentida

Em desatino

Ainda sonho e sinto os abraços do teu terno colo
Como se em mim fosse eterno o inverno
Que me viu nascer
E deixou viver

No teu abraço
No teu cansaço
No teu sorrir
No teu sentir

E de mim tão somente transparecer
O que ainda nunca soube cumprir

musa

Sem comentários: