Cartão de Visita do Facebook

terça-feira, 3 de abril de 2012

ENTRELINHAS DO LIVRO

Que dizem nas entrelinhas da leitura

O livro aberto do teu sentir
Por entre as palavras feitas loucura
Desassossego que possa admitir

Nas páginas enumeradas sentidos
Quanto do amor entre as letras abertas
Sinais de pontuação decididos
A marcar instantes de vontades despertas

É só um livro desfolhado qual rosa que secou
Sentimentos expressos de saudoso amor
Página a página marcado onde o tempo parou

Mais do que todo o sentir são folhas amarelecidas
O sentimento em pétalas qual bela flor
Tombando no tempo como páginas esquecidas
musa

Sem comentários: