Cartão de Visita do Facebook

quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014

TER TE

Ter te num poema
É como fazeres me um filho
Falar do teu olhar da tua voz serena
Segurar a tua doce mão pequena
Seguir passo a passo o trilho
Que nos leva pela arena
Heróis de um toureado sentir
Em meigo existir
Dos dois

Ter te em palavras num verso
Agora e sempre e depois
É doar todos os meus sentidos
Amar de partilha e doação
Ser ínfima partícula do universo
Aceitação de desígnios vencidos
Infinita vontade do coração
A alma cheia de inverso
Onde caiba silêncio e solidão
E dizer em simples poesia
Que querer pode ser vontade
Mas o poema o verso poetado
Tem de ti tão somente
Enchente de saudade
Que sempre senti ao teu lado
Por amor docemente
Serenidade e alegria

Ter te em poesia
É ser luz claridade
A mais brilhante fantasia
Onde reluz a felicidade
...

musa

Sem comentários: