Cartão de Visita do Facebook

terça-feira, 2 de junho de 2015

PAISAGEM

PAISAGEM

Bucólica a paisagem sossega estio arena
O vale manchado de agreste brisa solidão
Em frondoso abraço esvoaça a luz serena
Humedece de orvalho a mescla escuridão

Há um negro matizado de lágrimas por florir
Nessa paisagem de cor derramada madrigal
Desassossega as tintas e a alma por sentir
No peito aberto janela do olhar sobre o vale

Clareira campestre da arena adormecida druida
Colo de todas as ninfas infantas da doce poesia
Há-de haver silêncio na tela ao contemplar a vida

As cores desmaiadas de pranto silenciado da paisagem
Campo corpo e alma do pintor a tela nessa fantasia
Levam o sonho do Adamastor na sua mais serena viagem
...

musa

Sem comentários: