Cartão de Visita do Facebook

sábado, 10 de janeiro de 2009

TRAVESSIA... Paris 10 janeiro 2009

Atravesso véu por véu o olhar na penúmbra raiada de luz pingando ............................................................... Vento distante que eu sonho a acariciar ondas ............................................. Faz-me falta o mar ................. Uma a uma ......... Brisa maresia em chuva de húmidas gotículas a brilhar .................................................... A maré entreaberta num entardecer ................................

Entre o céu e o mar

.................. Tu e eu .......

Acontecer .........

Lançei-me em bruma sobre o teu corpo a pedir-me ............................................... Disforme amontoado de sentidos andas tu a imaginar .................................................. Os olhos defronte como esteios prometidos de um frágil umbral ............................................................. Numa dança de sombras bruxuleantes ................................. Traziam o vento ao litoral ......................... Humedecendo semblantes ................................. Não sei quando voltará a chover .............................. Poderão minhas lágrimas inundar de desejo todo esse areal .............................................

Corpo naufrago que um dia aí irá aparecer ........................................

Dando-me toda em sal ................... O mesmo corpo que te fala todo a tremer .......................................... E faz a travessia da alma ........................ Entre o céu e o mar .................. Para ser

1 comentário:

lurditas disse...

Outro lindo poema, vivo na cidade luz