Cartão de Visita do Facebook

sexta-feira, 31 de julho de 2015

LUA AZUL

LUA AZUL
Há uma lua azul
Pelos tempos inventada
De lágrimas que eu pude chorar
De cloretos de sais
E outros metais
Em azulado brilho a cintilar
Ofuscando as estrelas da escuridão
De um pranto de solidão
E sentimentos trancendentais
Com sal de desilusão
Um húmido sentir
Do olhar a fugir
Em azul cor

A noite na bainha dos olhos o esplendor
Dessa lua azul a refulgir
Num deslumbrante firmamento
E nos meus olhos azuis humedecidos
Todos os mais tristes sentidos
Em tonalidade sentimento
A cor do pensamento
...

musa

Sem comentários: