Cartão de Visita do Facebook

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

ANSIEDADE SENTIMENTAL

ANSIEDADE SENTIMENTAL

Feita de amor escondido
Bem no seio do sentir
Um suspiro um gemido
Algo a contrair
A emoção

Dessas coisas estranhas do coração
Da alma trepassada a consentir
Esta insanidade e razão
Do invadido pensamento
Deste sentido sentimento
Ansiedade paixão
Sentires exaustos
Tão irreais

Desses desejos fulcrais
Banquetes de olhares gulosos e faustos
E bocas como altares onde oferendas se anunciam
Corpos ansiosos que se denunciam
Festivos silêncios a demorar poesia
Sentidos dessa insana magia
Sexos círios em súplica e tentação
Iluminadas fontes de luz e excitação
Esplendorosa fantasia

A sensibilidade negação da melancolia
Sôfrega suspirando o delírio de ser
Na mais doce e terna solicitação
Qual a mais íntima pornografia
O desejo físico dessa geografia
O bem sensível do querer
Dos corpos rendidos à excitação
Talvez a insanidade da insatisfação
Ou o gozo desmesurado da fantasia
Que fazer
O mais íntimo e mais carnal
Algo provocado e virtual
Um dia todas as palavras serão sentir
E basta um olhar em silêncio do momento
Aquele instante do verbo vir
E tudo acontece em pensamento
...
musa

Sem comentários: