Cartão de Visita do Facebook

quarta-feira, 19 de julho de 2017

VIA LÁCTEA DO SENTIR

VIA LÁCTEA DO SENTIR 

Uma alma azul a varrer a escuridão
Para além do misterioso interior
Por detrás do olhar a sensível oração
No pensamento um turbilhão de amor

A prece dos olhos em silêncio a murmurar
Do infinito todos os tempos da imensidão
As lágrimas a acender velas no altar
Que a luz é chama acesa no coração

Algures uma Via Láctea deixa rasto de sentir
No azulado mistério do longínquo universo
Quando os meus olhos se surpreendem existir

Ao ver-te meu amor estrela em sintonia
Com as palavras em cântico do verso
Sabemos e sentimos que somos mais do que poesia
...
musa

Sem comentários: