Cartão de Visita do Facebook

segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

SERÁ NATAL?

SERÁ NATAL?

Quantos sonhos ainda haverá por sonhar
Uma voz mais meiga a iluminar a escuridão
Enluarado sorriso perto da enseada no mar
Onde uma estrela guia pastores pela mão

No chão húmido grito cintila olhar segredo
Das mães que esta noite vão deixar nascer
Seus filhos e filhas num mundo sem medo
Porque a esperança jamais pode morrer

E a vida continua ano após ano a sorrir
Por entre lágrimas dores risos agonias
Talvez seja esse o maior amor do sentir
Repartindo dádiva infinita de todos os dias

Um bem precioso de terna generosidade
Apenas um instante dos meses do ano
Um único dia a lembrar a humanidade
Ainda que possa ser triste e estranho

Será isso o Natal e será essa a razão?
A dura prova e dócil ambiguidade sentida
A táctil mensagem sentimental da solidão
A lembrar a ténue e frágil a linha da vida
musa

Sem comentários: