Cartão de Visita do Facebook

segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

OLHAR DE AMANTE

OLHAR DE AMANTE

Buscam os meus olhos ainda dos instantes
Que sagrados sentidos desenraizaram
De beijos que só conhecem os amantes
Em bocas que de silêncio incendiaram

E perdidos a olhar paisagens na lonjura
Dos corpos que apartados sonham viver
São as mãos unidas que conhecem a loucura
Dos passos que em medidas saboreiam o prazer

De afagos caricias desejos de intimidade
Lembram tempos de partilha e amor
Mesmo que somente lhes reste a saudade

Dos versos que cantam olhar tão penetrante
De sabores calores cheiros odor
De olhar te perdida quando sou tua amante
...

musa

Sem comentários: