Cartão de Visita do Facebook

quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

MEU CORPO TEU CAIS

Ao JC
MEU CORPO TEU CAIS

Ontem demos as mãos e o vento selou com a brisa
Carinhos afagos ternura num colo de afectos
A paixão arrebatadora onde doçura desliza  
Instantes de momentos vibrantes e secretos

E o mar envergonhado espraiou suas vagas até às dunas
No areal caminhamos a vaguear perdidos
Entre as ondas de sal trazendo areias de mansas espumas
A enrolar sonhos azuis beijos e sentidos

A história breve de um encontro em sedução
O mar a testemunhar vontade querer
Uma maré de inevitável atracção

O meu corpo o cais porto seguro
Vagas de carinho e de intenso prazer
Meigo feitiço sereno maduro
...
musa

Sem comentários: