Cartão de Visita do Facebook

segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

CIDADE LUZ AZUL

CIDADE LUZ AZUL

Dobrei a esquina
De um tempo de solidão
Desviei por instantes a cortina
Que da janela ainda se vê a imaginação
Pendurada em brilho e luz
O meu espirito azul conduz
Nas pedras da calçada pela mão
A rua de azul toda enfeitada
Dança o tempo em valsa de afectos
Como numa tela pintada
Há detalhes escondidos secretos
Como se os sentidos discretos
Em profunda intimidade
Fossem os portais abertos
De um caminho de saudade
E a rua numa cidade luz distante
Fosse o destino caminhante
Que todos os anos se há-de repetir
Em meiga e terna magia
E no olhar de poesia
Faz o todo sentir
...
musa

Sem comentários: