Cartão de Visita do Facebook

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

AMOR SILÊNCIO

AMOR SILÊNCIO

Este amor silêncio na pedra escrito
Com gotas de chuva perfurando
A pele de pranto e grito
As lágrimas tristes de quem amando

Chora amargurada desilusão
Que lhe corrói o ser
De saudade e solidão
Na intimidade do prazer

E queima e arde o fogo acendido
De impossibilidade existir
Sendo apenas o único sentido

De viver para alimentar chamas de paixão
Que a vontade morre a consentir
A morte na alma do coração
...
musa

Sem comentários: