Cartão de Visita do Facebook

segunda-feira, 21 de novembro de 2016

POESIA

POESIA

A poesia quer-se pura
Recatada
Silenciosa
Mansa
Introspectiva
Requer sentida leitura
Assertiva
Imaculada
Preciosa
Dança
Dos olhos embevecidos
Pelas palavras devoradas
Na magia dos sentidos
As frases arvoradas
De sonhos e fantasia
Em silente sossego
E doce melancolia
E algum pranto interior
Um pouco de medo
Um lago de lágrimas desfeito
Em versos de poesia
Com margens de tépida dor
A transbordar do peito
Caudal de nostalgia
Em enchente de amor
...
musa

Sem comentários: