Cartão de Visita do Facebook

segunda-feira, 17 de outubro de 2016

PEDRA MARESIA

PEDRA MARESIA

Névoa água-marinha
No beiral dos montes
No bico de todas as fontes
Onde o orvalho se aninha
A alvorada adivinha
Atrás das fraguas horizontes
Em deslumbrado entristecer
Estendal da maresia
O mar há-de parecer
A luz pálida sombria
Do alto da montanha
A azul névoa esmaecida
Recorta a negro a paisagem estranha
Deslumbrada visão oferecida
A neblina parece o mar
O caminho de Deus
A terra esquecida
A pedra firme do meu olhar
Esteios sentidos tão meus
Raízes da minha vida
Ainda por arrancar
...
musa

Sem comentários: