Cartão de Visita do Facebook

quarta-feira, 5 de outubro de 2016

MEU AMADO SENTIR

MEU AMADO SENTIR

Insuportável dor de amar impossível
Meu amado sentir que alma retalha
Em sentimento profundo indivisível
Dos sentidos mal que assim se talha

Amargura a corroer corpo por inteiro
Dor intensa mais do que essa loucura
Meu sentir tão insano cruel derradeiro
Que por dentro me devora e me tortura

E podem poetas cantá-lo amor maior
Brevidade tormenta em fogo lento
A carnal sentença em dócil torpor

Que afogueia versos na intimidade
Será talvez melhor remédio o tempo
Para o curar do prazer da saudade
musa 

Sem comentários: