Cartão de Visita do Facebook

quarta-feira, 28 de setembro de 2016

DORME MEU AMOR

DORME MEU AMOR

Adormece no chão do meu corpo nu
Na terra quente humedecida
Inebriada de intimo querer
O colo leito aconchegante do prazer
Ébria pele onde só tu
Encontras a clareira perdida
Onde de cansaço acabas por te render
O doce instante de um abraço a sentir
Sonolento consentir
De exaustão desfalecer
Depois do amor conseguir
Fazer te adormecer
Então dorme meu amor
...
musa

Sem comentários: