Cartão de Visita do Facebook

quarta-feira, 7 de setembro de 2016

DOAÇÃO

DOAÇÃO

Estou de vida entregue
Já vivi tudo o que tinha para viver
A vida nada mais me deve
E agora apetece-me é morrer
Há-de haver um outro mundo
Onde se possa sentir e ser
Mas parto deste fazendo uma doação
Com o sentimento profundo
Que devo à vida em devoção
Doo-lhe os olhos para que tinjam mais céu e mar
Doo-lhe o coração para que de novo se sinta o meu pulsar
Doo-lhe os pulmões para que a natureza viva a respirar
Partes de mim em magnânima eternidade
Dádiva e agradecimento
O olhar com a mesma intensidade
A pulsante magnitude do oferecimento
E o respirar o sentir
Dos sentidos a multiplicação do tempo
Deste cansaço de existir
Desta negação adentro
Olhar bater respirar
Doando para perpetuar
Parte de mim em pensamento
...
musa

Sem comentários: