Cartão de Visita do Facebook

sexta-feira, 5 de agosto de 2016

TOMBADO NO CHÃO -Indignei-me

TOMBADO NO CHÃO

A noite fingida de loucura e cega
A cena ferida de conduta e razão
Um homem só tombado no chão
Um cerco de vida corda ou regra

Vis humanos atravessam o tempo
Passam mesmo ao lado sem o ver
Desenraizaram-lhes o sentimento
Acreditam que é mais fácil morrer

A vida parece fragmento da fria calçada
É só um velho caído no chão da bebedeira
Que importa dar-lhe a mão levantá-lo e nada

Mais resta do que seguir sem ver ou ajudar
A humanidade é como a justiça tem cegueira
E as pedras do chão fogem à realidade do olhar
musa 

Sem comentários: