Cartão de Visita do Facebook

sexta-feira, 12 de agosto de 2016

ABRIGO DE PAIXÃO

ABRIGO DE PAIXÃO

Há instantes assim... em que me cercas fogo posto de saudade...
Ficas na minha vida
Em todos os começos de poemas
Todos os tempos de sentir
Todos os instantes por dizer
O verso que a alma abriga
O beijo que sempre ofereço nas tuas mãos serenas
As palavras por dividir
Tão distantes de querer
E quando a saudade castiga
O tempo que invade em sentimento
De sentidos em pensamento
A tua mão amiga
Labareda fogo aceso
E o teu olhar preso ao meu
E o abraço apertado
Cenas de um filme por fazer
Ritual de amor e de prazer
E por mais que o tempo arraste esta separação
Há um instante logo ali ao lado
O teu corpo cansado
Em abrigo de paixão
...
musa

Sem comentários: