Cartão de Visita do Facebook

domingo, 3 de julho de 2016

PAIXÃO

PAIXÃO

... enches-me de amor... esvazias-me de poesia...

" Ahah sei o que é isso!... "

Talvez pouco importe
Dizer-te do que sinto
Esta angustia que consinto
Esta vida quase morte
Esta florescência consorte
A domar o instinto
Numa arena de solidão
E a alegria dos sentidos
A enganar de excitação
Os olhos insanos perdidos
Os sonhos já todos esquecidos
À rédea solta da sedução
Do silêncio o esplendor
Das palavras o amor
Ah... mas dos versos a desilusão
E o tanto que cabe no peito
Apertar de tristeza
A desorientar de incerteza
Este sentir já desfeito
Amor impossível e triste
Sofrimento que assim insiste
Terrível lamentação
Nem o pranto o faz viver
Desconsolo ou docilidade
Em querer desejo prazer paixão
A existir de saudade
Com sentido até morrer
Bem fundo no coração
...
musa

Sem comentários: