Cartão de Visita do Facebook

quinta-feira, 31 de março de 2016

SE DEIXARES

SE DEIXARES

Se te encontrares
Por entre as palavras
No calor enroscado
Dos meus pés frios
Como o silêncio perdido
Entre lençóis
Numa cama vazia
Se deixares
A memória divagar
Na liquidez das mágoas
Do olhar parado
Silhueta de tons sombrios
Em demarcado sentido
Entre cometas e sois
E a vaga fantasia
De existir
Se deixares as palavras
Tomarem conta de ti
Vais descobrir
Que já te senti
Hoje
...

musa

Sem comentários: