Cartão de Visita do Facebook

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

DO TEU AMOR É PRECISO - PRIMEIRO BEIJO - Rui Veloso


DO TEU AMOR É PRECISO

Uma estrofe perdida de sentir
Sem se ver ou se tocar
Sentida sem existir
Só lábios ou olhar
A pele do todo num verso
Sentidos de amor
O mais profundo do universo
Em absoluta dor
" (não sei porquê, mas hoje não deixo de pensar em ti, ...) "
Do teu amor é preciso
Eloquente estranho conciso
Tão intímo este momento
Quase amor declarado
Segredos do teu pensamento
Em silêncio guardado
" Apetecia-me beijar-te no meio da poesia... faço amor contigo no meio do teu poema..."
Somos o verso a querer ser poema...
Na noite serena
Um verso prisioneiro
Cristal de gelo quente
Um poema todo inteiro
Ofegante luminescente
Há palavras espalhadas
pelos cantos da memória
como sal de sentidos
A purificar sentir
no tacto dos sonhos
Uma palavra cristalizada
Húmida em fogo lento
Incandescente
Quase nada
O tempo
Sente
Beijos de vontade e desejados
Um beijo abraçado no temporal
Em bicos de pés da ventania
Chuva incendiada de luz
De que luz me acende o teu sentir
De que fogo me queima a tua vontade
De que silencio me busca o teu desejo
"Sinto-me explodir... quero-te..."
Querer
Saudade
Prazer
Poesia
... deixo te um beijo...
...

musa

Sem comentários: