Cartão de Visita do Facebook

sexta-feira, 13 de novembro de 2015

SOMBRA DA LUZ

SOMBRA DA LUZ
A minha musa estará lá vigilante
Dando colo ao meu eterno descanso
A luz difusa como um beijo de amante
Suave doce morno saudoso e manso

Protectora guardiã do meu sentir
Deusa das sombras eternidade luz
Gravado silêncio grito meu sorrir
Na pedra d'ançã petrifica e seduz

A morte beldade e movimento esplendor
Como aconchegante ternura abraço
No rosto sombreado o riso alegre da dor

Uma lágrima de luz humedecida
Talvez a saudade em moribundo cansaço
Ou somente o ultimo passo da vida
...
musa

Sem comentários: