Cartão de Visita do Facebook

sexta-feira, 6 de novembro de 2015

SE HOUVERA

Se houvera algo mais que fosse segredo
Ainda que guardado no coração
Por respeito ternura e não por medo
De contar ao mundo esta paixão

Mas fingida ou não sentida por viver
Se houvera mais do que este amor proibido
Consentida no coração sem este sofrer
Que terrivelmente engana todo o sentido

Fere o descontentamento de assim existir
Mal menor se houvera razão para mudar
Por mais que eu queira deixar de assim sentir

Se houvera em ti abertura e rendição
Serena o suficiente para assumir este amor
Tão verdadeiro e belo mas quase maldição
...

musa

Sem comentários: