Cartão de Visita do Facebook

sexta-feira, 6 de novembro de 2015

PÁSSARO AZUL - Aguarelas João Brum

Ao João Brum
Feliz aniversário
 beijo poético

PÁSSARO AZUL

Rasguei os céus como ave endoidecida
Um pássaro azul em matizes claridade
Uma aguarela com asas a prender a vida
Com pincéis e água em nuances de saudade

Por entre nuvens acasteladas brilho a cintilar
Formando paleta de mil cores em movimento
Uma única lágrima enfeitiçou o meu olhar
Das mãos do pintor os traços luz do vento

Pode um pássaro azul voar os céus na tela
Pelas tuas mãos dando asas a uma nuvem branca
Em azulado tom a esvoaçar assim tão bela

Essa magia da criação ave nuvem da pintura
Rasgando espanto com vontade tanta
Como é pintar a vida o olhar e a doce loucura
...

musa

Sem comentários: