Cartão de Visita do Facebook

sexta-feira, 20 de novembro de 2015

IMOLADA RAZÃO

IMOLADA RAZÃO
Na garra da vida
A destruição
Tem unhas a dor
Sangra a ferida
Imolada razão
O corte do amor
Sacrificada
Sentida
Solidão

Se fosse somente o sacrifício
Mais não houvera que perdoar
A vingança já se tornou vicío
E a imolação o gosto de matar

Aos olhos da humanidade
Ergue-se insano altar
De suma infelicidade
Felino holocausto
Persegue olhar
Verte desigualdade
O sonho fausto
De toda a nação
Sacrificada a sofrer
Essa irmandade
Sofreguidão
A morrer
...

musa

Sem comentários: