Cartão de Visita do Facebook

quarta-feira, 19 de agosto de 2015

ALVOR DA BRUMA

Madrugada fria
Abre em abraços fina luz
Com aromas de maresia
A névoa conduz
A bruma alvor
De sol seduz
Dilúculo enfeitiçado
A madrugada de calor
Treva branca de alvorecer
Nevoento manto acinzentado
A antemanhã cumprida
O dia que ameaça nascer
De uma cor esbatida
Nasce da aurora
Limpidez que demora
Parto da vida
...

musa

Sem comentários: