Cartão de Visita do Facebook

sexta-feira, 22 de maio de 2015

DESLUMBRAMENTO - ao PORTO

Quem olha a cidade do cais de Gaia beira rio
Deslumbra o olhar as cores do pensamento
As tonalidades e a lucidez do casario
Luz a trepar a alma na loucura sentimento

Está lá tudo o reduto toque de artista
O céu a paleta de nuances a torre o pincel
Olhar deslumbrado dos telhados conquista
Miragaia recortada de ternura no papel

Rio Douro beija a Ribeira em deslumbramento
E todavia o delicado verso ainda humedece olhar
São tantos os anos de sublime contentamento

Cidade do Porto tela alguma aprisiona teu sentir
As cores dos pincéis aguarelas óleos acrílicos por pintar
O profundo sentido que a poesia possa fazer existir
...

musa

Sem comentários: