Cartão de Visita do Facebook

segunda-feira, 6 de abril de 2015

MENINA PAPOILA

MENINA PAPOILA
No campo entre a verdura
Da seara em esplendor
Nasce a menina ternura
Da papoila rubra flor
Entre o trigo e o malmequer
Vaidosa de chita o vestido
Baila a trigana mulher
De cetim vermelho o tecido
Cabelo negro silvestre
Papoila rubra ao vento
Menina de olhar silvestre
Não me sai do pensamento
Tiara de negras sementes
Entre a verdura trigueirinha
Nas malhas doces e quentes
Faz travessuras de menina

Os campos de trigo e papoilas
Ao sol filhos do tempo
Lembram danças de moçoilas
Em valsa do pensamento
...
musa

Sem comentários: