Cartão de Visita do Facebook

domingo, 22 de março de 2015

MALMEQUERES eu sei

Março não chegou primaveril
Nos malmequeres já floridos
As rosas de um azul tão anil
Perfumam os campos vestidos
De pétalas brancas e amarelas
Flores tão simples e singelas
A colorir o frio do entardecer
Que anuncia a primavera
No despontar do amanhecer
Ainda a minha alma te espera

Que floresças enfim
Em desfolhado botão
A flor mais bela do jardim
A anunciar a estação
No branco malmequer
Pois quem faz nascer
Uma flor por paixão
Do ventre fecundo da mulher
Em malmequeres a florescer
A primavera tão sentida
Bem sei que mal não me queres
E o bem amor que me tiveres
Desfolhada a flor nascida
Mesmo que flor campestre
A mais simples mais silvestre
Hei-de guardá-lo toda a vida
...

musa

Sem comentários: