Cartão de Visita do Facebook

quinta-feira, 26 de março de 2015

ASAS SEM SABER VOAR

ASAS SEM SABER VOAR
Anjos de colo de seio
Nas nuvens sossego silenciado
Em descida arrepiante sem freio
Talvez ainda dormente
O voo inocente
Calado
Talvez tinhas umas asas e sabias voar...



Sem comentários: