Cartão de Visita do Facebook

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

GUME DA CASTIDADE

Esse monstro pura maldade
a mutilação genital feminina
em lâminas sujas de crueldade
religião ou castidade
que lei alguma ensina
sem impunidade
a essa menina de pernas abertas
para o fio da navalha a brilhar
nos olhos o medo a cintilar
e por dentro as dores secretas
que cala sem poder gritar
na boca amordaçada circuncisão
nos lábios calada a indigna dor
no corpo a pele a escaldar
a prática da negação
desumano amor
a faz chorar


magia ou tradição
cultura ou loucura
sonho ou condição
não é mais do que tortura


que pureza honra assim violada
corte profundo de ternura
grave ofensa mortal
corpo de mulher assim estuprada
essa insanidade carnal
infame punhal
derrama a inocência da criança
roubando-lhe a alegria da infância
a intimidade o prazer
com que direito afinal
se mutila assim um SER

musa

Sem comentários: