Cartão de Visita do Facebook

sexta-feira, 14 de novembro de 2014

O CINZENTO SENTIDO DA COR - Tristesse...Chopin...


O CINZENTO SENTIDO DA COR

Poderia ser poema a colorir
O cinzento sentido da cor
Que abre escancarada a sorrir
A porta ao lado onde mora gente
Que dorme come sorri e faz amor
E no prédio colorido habitado
Há uma felicidade que se sente
Entre a alegria e a dor
Há o presente e o passado
E a busca do futuro mais além
Aonde não chega ninguém
Porque todos ficam atrás da porta
À espera de vê-la abrir
Como sentimento do que importa
E nada mais impedir
E tudo consentir
No derrame intemporal da vida
Entre as mãos quietas no regaço
Como acinzentados dias que desfaço
Em lágrimas por chorar
Essa tristeza merecida
De quem não sabe amar
...
musa 

Sem comentários: