Cartão de Visita do Facebook

quinta-feira, 18 de setembro de 2014

DILÚVIO

DILÚVIO

Os deuses ou os anjos
Abriram as fontes
No céu a nascer

Bátegas banjos
Trovoam
Em raios melodia
Abrem entre os montes
Nuvens a estremecer
Fazendo da noite dia
Ecoam
Pingos e trovões
Em dilúvio malvasia

Embebeda-se o chão
Das uvas por colher
Da loucura dos deuses irados
Não cessa de chover
Dos céus desolados
...
musa