Cartão de Visita do Facebook

terça-feira, 29 de julho de 2014

TEIA DE SANGUE E LÁGRIMAS

Palestina de luz iluminando a escuridão
Teia acesa de sangue e lágrimas derramadas
Na ponta do missil o fogo aceso da rebelião
No chão tantas crianças assassinadas
São os números a engrossar o milhão
Das trevas mortiferas iluminadas

Gaza tem paredes de barro e correm rios vermelhos
Nas ruas de margens apinhadas de corpos esventrados
A terra esquece treguas e volta aos azedumes tão velhos
Como os papiros perdidos em corredores cercados

Onde está a mão da mãe com toque de paz
Que escureça dos céus de Israel o fogo
E acabe com esta guerra insana mordaz
A vida e a morte em terrivel jogo
...

musa

Sem comentários: