Cartão de Visita do Facebook

segunda-feira, 28 de julho de 2014

LANTERNIN

                 http://ruinarte.blogspot.pt/2013_02_01_archive.html
Sobre as cumeeiras do telhado
Onde o calor se aninha
Fez ninho uma andorinha
Em altas danças e voo picado
Dançou a luminária fluorescente
De asas soltas em clarão azulado
Num arco-iris da claraboia flor
Brilhou de luz incandescente
Debaixo do céu em esplendor
Com penas ramos e barro rendilhado
Fez ninho debaixo do lanternin
Riscou de negro o céu de cor
Do magenta fogo rosa anil carmim
Acende-se a tarde ao entardecer
O sol vestido para morrer
Sobre as telhas da minha cidade
A céu aberto iluminado
A andorinha faz a felicidade
No lanternin avermelhado
...

musa

Sem comentários: