Cartão de Visita do Facebook

domingo, 8 de junho de 2014

PÓ DE SILÊNCIO

"Muita melancolia... prefiro a dor da tesao por cumprir... a saudade dos beijos trocados... a memoria dos corpos por sentir... a vontade dos desejos molhados . Amo-te ate aos domingos...;-)§§§"

PÓ DE SILÊNCIO

Que o silêncio seja do tamanho da saudade a sentir

Das alvoradas silenciosas a romper auroras de luz e sentidos

Desta distância que dói desta angústia que mói

O tempo sem alcance algum do olhar parece fugir

Os sonhos esmagados pela memória dos gritos incumpridos

Quando não tudo está bem desejamos desistir

Mas as palavras não são mais do que silentes gumes em murmúrios e gemidos

Deixa então que este silêncio e solidão repouse os ardumes vencidos do existir

Só eu sei e sinto este silenciado sentir

Porque do silêncio e só

Caminho para o pó
...

musa

Sem comentários: