Cartão de Visita do Facebook

quinta-feira, 1 de maio de 2014

VOTOS DE MAIO

VOTOS DE MAIO

Manhã de silêncio e solitude
Na boca gosto a uma morte apetecida
Na pele trémula inquietude
Desalenta esta vida
Apetece morrer
Angústia dor

Cansada de meses vazios
De dias longos e sombrios
Instantes tristes e frios
Essa quieta solidão
Que sempre me abraça
Num aperto de mão

E o meu destino traça
De teias incumpridas
Dívidas consentidas
Loucura ilusão
De assim viver
Na espera de morrer
No mais breve tempo
Doce desalento
Fímbria poesia
Num Maio talvez
Sim queria
Este mês
Morrer
...
musa
05/05/05

Sem comentários: