Cartão de Visita do Facebook

domingo, 11 de maio de 2014

DECOTE


Trazes manhã em seio despertar
Doce claridade em fria madrugada
No colo do teu peito acordas olhar
Na pele macia e fresca decotada

Acolhe o brilho luz cintilante
Que faz a aurora enrubescer
No céu sentido amante
Endoidecido prazer

Há no teu decote a ilusão
De um beijo escondido
Atrevimento da mão
Em caminho proibido
...
musa

Sem comentários: